Amuleto Âncora

images_5

images_5Frequentemente usada como amuleto em pequenas miniaturas de metal a âncora simboliza a segurança, a firmeza e a solidez e é especialmente usada em países com ligações directas com orlas marítimas.
Na sua forma o amuleto não varia muito sendo o principal elemento que se altera o inclusão ou não de uma corda ligada à âncora.

A Âncora tem vários significados: pela sua função, fixando o navio ao fundo do mar, fazendo com que este resista às tempestades sem sair do lugar, a âncora simboliza a segurança, a firmeza, a solidez, frequentemente em contraposição aos factores de alteração e instabilidade. Também pelas garantias que oferece, é símbolo da esperança, à qual já se referia São Paulo.anchor-125100

Os barcos têm a âncora com a que se fixam nas profundezas do imenso mar. A confiança própria do abandono consiste em arrancar a âncora da segurança da nossa própria vida, arrancá-la de nós mesmos e lançá-la, num gesto de entrega e de amor, ao coração de Deus.
A âncora, por outra parte, é o símbolo da cruz que se usou durante os primeiros tempos cristãos para iludir a representação desta. A
 
Cruz é a âncora que salva as almas das tempestades dos mares procelosos deste mundo e as conduz ao porto seguro da salvação. Sem ela perecerão infalivelmente.
A âncora e o golfinho ilustram o lema “Festina lente”, que Erasmo glosou e Alciato incorporou aos emblemas, e que tinha sido a divisa do imperador Octávio Augusto. As suas equivalências livres “faz lentamente aquilo que for urgente”, “apressa-te com calma”, etc, ao brincar paradoxalmente com o encontro dos contrários, continham uma lição de prudência tão subtil como difícil de realizar.

Diz o Marquês de Avilês: “Julio César, para mostrar o Governo Soberano no seu Império, gravou numa moeda um leme com uma âncora. Os Gentis reconheciam na figura de uma âncora a pessoa que tinha assegurado bem a sua fortuna, e os seus negócios”. E também o símbolo da esperança, da segurança, e da firme confiança que devemos ter em Deus, podendo representar-se pela âncora a prudência, a magnanimidade e a constância.
No ritual cristão e na imaginária, a Virgem da Esperança é representada como uma formosa matrona apoiada numa âncora. Aparece coroada de flores e vestida de verde, como presságio de abundantes colheitas. Os seus atributos principais são a âncora e o arco-íris.

Comentários

Facebook
Twitter
Pinterest0
Linkedin0
E-mail
ADOREI!!!0
Partilhe o conhecimento...

Tudo o que lhe apresentamos aqui é certamente interessante para outras pessoas que conhece.

Facebook
Twitter
E-mail
ADOREI!!!

Por isso somos uma comunidade.