Dia do Pai

Dia do Pai

Ser pai é e será sempre um papel diário que me orgulha, que me preenche, que me dá identidade e, acima de tudo, me nutre com mais vontade de continuar a ser quem sou!

Dói saber que há quem seja pai sem o ser, dói saber que há quem não vista integralmente este privilégio… mas o mundo é assim… felizmente, também os há de grande qualidade e dedicação. Quanto a mim tenho apenas de agradecer a um dia a minha filha ter decidido que eu era uma boa escolha para ser pai dela… vou cumprir o papel com o máximo dos meus poderes e capacidades.

A quem é pai: sejam-no intensamente, hoje e sempre!

Alegada Origem Ibérica

Quem conta um conto acrescenta um ponto e na verdade tenta-se transparecer que este dia nasce de uma vontade nobre de uma cidadã espanhola religiosa.

Estávamos em 1948. Os pais dos alunos de Nely, na Escola do Bairro de Belmonte, em Madrid, Espanha, acharam que tinham tanto direito a celebrar o seu dia quanto as mães dos meninos, que já o celebravam. Então decidiram assinar uma petição para expressar o seu desejo. A professora atendeu ao pedido dos senhores e inaugurou uma festa para os pais. O El Mundo conta a história e puff.

O primeiro Dia do Pai teve direito a missa. É que a professora Nely era extremamente religiosa e considerou que a festa devia realizar-se no dia de S. José, 19 de março. Depois da celebração, os filhos entregaram presentes feitos por eles mesmos aos pais e apresentaram peças de teatro e recitais de poesia.

Alegadamente, a festa foi um sucesso tão grande que chegou aos órgãos de comunicação social espanhóis. A ideia acabou então por ser adotada pelas outras escolas da Península Ibérica, três anos mais tarde. Nely depressa encontrou apoiantes na área dos negócios: em 1953, o presidente das Galerías Precíados pegou no conceito e organizou uma magistral campanha de publicidade. E assim se passou a celebrar o dia.

Só que não!

Nem tudo o que sabemos é o que realmente foi…
Vamos a FACTOS!

O Dia do Pai é hoje um mundialmente conhecido festival celebrado em imensos países do mundo.Pais foram sempre idolatrados ao longo da história por todas as  civilizações, mas ironicamente até ao último século não havia oficialmente um dia para comemorar o dia do pai… e explica-se pela supracitada história.

Contudo, os historiadores sabem hoje que o dia do pai era celebrado na antiga babilónia perto do nosso 19 de Março (por ser logo antes da entrada da Primavera) graças à história de ELMESU que teria feito uma placa de argila dedicada e entregue ao seu pai onde lhe desejava vida longa e saudável para que o ajudasse a ser mais homem. A ideia alastrou de forma rápida e era normal já a entrega de uma placa de argila de dia do pai nesta data na Babilónia… os primeiros cartões de dia do pai?

É curioso que aquando da criação do calendário, que hoje utilizamos, a Igreja Católica tenha escolhido exactamente o dia 19 de Março para ser o dia de S.José, pai de Jesus.
De qualquer das formas, e para derrotar a invasora Espanha, contam os Americanos que foi apenas graças a um discurso de Dia da Mãe que em 1909, Sonora Jackson com 27 anos tenha defendido a necessidade de enaltecer o seu pai William Jackson. As pessoas gozaram com Sonora e até criaram anedotas sobre a ideia absurda dela… porém em 1910 com o apoio da Associação Minesterial Religiosa e da Young Men’s Christian Association (YMCA) Sonora conseguiu criar o dia a 5 de Junho. Este festival passou a ser oficial nos EUA em 1916, pelas mãos do presidente Woodrow Wilson.

Facto é que a igreja católica na Europa foi então impor mais tarde o dia de S.José como dia do pai (1972).

Para todos os efeitos continuo a achar que provavelmente o mais adequado é receber uma patela de argila com os desejos dos filhos, porque o meu dia do pai é da Babilónia! Até se poupam uns cobres dado que hoje em dia se aconselham presentes como smartphones, tablets e viagens ao Dubai…

Diga abaixo nos comentários o que escreveria na sua tabuleta de argila ao seu pai!

Mas não acredite em nada que leu…
Investigue!

[CONTRA FACTOS…]

Uma rubrica escrita em tom de crónica mordaz baseada em factos que pretendem oferecer uma visão mais realista sobre a verdade das coisas. Na era da informação a ignorância é uma escolha!

Comentários

Facebook
Twitter
Pinterest
Linkedin
E-mail
ADOREI!!!
Partilhe o conhecimento...

Tudo o que lhe apresentamos aqui é certamente interessante para outras pessoas que conhece.

Facebook
Twitter
E-mail
ADOREI!!!

Por isso somos uma comunidade.