Renove a Energia do Lar

Com a chegada do novo ano, adeptos da Nova Espiritualidade aconselham cada vez mais que nos preocupemos com as energias que nos rodeiam. Começar por equilibrar e controlar os fluídos energéticos do nosso lar é sem dúvida uma boa aposta, mas que não rara vez assenta em várias superstições de origem mais ou menos duvidável. Contudo, se usarmos de forma simples adaptações do Feng Shui entre outras disciplinas dedicadas a estas matérias de fluxo energético e renovação de ‘ares’ podemos encontrar formas que de facto funcionam.

O ar da casa

Não podemos esquecer que a qualidade do ar que respiramos é muito importante. A renovação do ar deve ser constante, por isso deixe as janelas, sempre que possível, abertas para que o ar não fique parado ou estagnado. Quando a casa fica muito tempo fechada, pode causar o que chamamos de “síndrome do edifício doente”, trazendo problemas de saúde, dores de cabeça, alergias e outros males. Tudo isto é provocado por uma saturação do ar de vários elementos nocivos à saúde que podem ir desde gases a germes.
No que toca a processos de natureza energética a renovação do ar é altamente funcional também, em especial após a utilização de métodos mais fortes de limpeza de energia de espaços falados abaixo.

As plantas

As plantas auxiliam na purificação do ar, portanto é importante que mantenha em sua casa plantas capazes de o fazer de forma funcional em especial se forem produtoras de oxigénio em grande escala como as Espadas de S.Jorge (na imagem ao lado).
Energeticamente e para renovação de ar ter vários tipos de plantas como ciprestres, samambaias, margaridas, aloés, crisântemos, heras e lírios é altamente eficaz tendo em conta que, assim como os seres humanos, as plantas dedicam uma atenção especial às partes magoadas, danificadas ou amareladas, portanto retire-as para crescerem melhor e com mais vigor.
As plantas chegam a absorver 50% dos acúmulos de miasmas negativos e densidade energética fazendo, muitas vezes, a renovação de forma rápida.

A cor

Cada ambiente “vibra” com uma determinada cor. No local destinado à alimentação, por exemplo, podem ser usadas peças vermelhas ou laranjas, pois estas cores estimulam o apetite. Para os quartos, as cores mais indicadas são a azul, que é uma cor fria e calmante, ou a verde, que renova os fluidos do ambiente. Os tons pastel e salmão retornam à mente, através da visualização, os aspectos maternais e o amarelo pode estar presente na biblioteca ou no quarto das crianças, pois estimula a atividade mental.
Devemos lembrar que o preto absorve e retém luz. Portanto, as peças escuras devem estar constantemente limpas.
Já o castanho simboliza a terra, o desejo de ficar e permanecer neste local, como plantar uma árvore. Talvez por isso as casas de madeira são tão aconchegantes. O castanho também simboliza humildade.
A cor rosa emite naturalmente amor, paz e equilíbrio e a cor cinza representa a maturidade. Simbolizam, ambas, as pessoas que desejam ficar por muitos anos convivendo harmonicamente com o todo, sem o agredir e de forma inteligente. Também denotam economia.
O branco, que reúne todas as cores, simboliza a paz e a tranquilidade ambiental.
Se pintar as paredes da sua casa com uma cor que não lhe agrada, isto pode provocar, a longo prazo, mal-estar e depressão.
Ficou cientificamente comprovado que pessoas doentes se recuperam mais rapidamente em ambientes com uma tonalidade clara e calmante.

A Posição

A entrada energética principal da casa é indicada sempre pelo norte. Se isto não for possível, coloque ao norte uma imagem de uma figura que respeite e que o acalme, seja de natureza religiosa ou decorativa. A utilização de figuras como budas, anjos e outros de natureza semelhante deverá obedecer a lógicas mentais dos utilizadores do espaço, ou seja, nunca utilize uma figura que um ou mais dos habitantes não respeitem já que aí estará a obter exactamente o efeito contrário ao que procurava anteriormente.
Evite sempe colocar nas paredes norte dos seus espaços emissores electrónicos como computadores, televisores e semelhantes.
A energia da casa gira naturalmente no ambiente. A sua saturação permanece nos cantos; portanto remova dos cantos, traças, teias de aranha e outros insectos. Um hábito que temos ao limpar nossa casa, depois de varrermos, é o de deixar a sujidade num canto. Isto não é apropriado ou saudável.

Medição Energética

Algo que é usado há anos e muito falado ao ponto de ganhar superstições profundas é a utilização de um copo de vidro com água e sal grosso numa determinada divisão. Muitas vezes carregado de exageros, diz-se que deve estar atrás de uma porta ou escondido, diz-se que deve ser mudado mensalmente ou, por vezes, que deve ser tirado de casa para ser despejado.
Na verdade este acto não estará propriamente a fazer uma grande limpeza à divisão da sua casa já que não possui tal intensidade, porém estará pelo menos a servir de um excelente medidor do fluxo energético de cada divisão da sua casa.

O sal é naturalmente um saturador físico e um dissipador de energia. Coloque na divisão (em qualquer lado, mas o mais central possível) um copo de vidro com água a meia medida e um punhado ou colher de sopa de sal grosso. Deixe-o aí durante 3 dias e volte para o analisar ao fim desse tempo (num tempo máximo de 7 dias). Se o sal permanecer no fundo do copo, simboliza que o ambiente está purificado e sem densidade, se estiver diluído considere que existe equilíbrio nesse local. Se, por outro lado, ele se cristalizar na borda do copo, à tona da água ou acima da linha de água, registou uma necessidade de limpeza do ambiente e indica que de alguma forma o ambiente está carregado de densidade.
De qualquer modo, a água deve ser trocada uma vez por semana, não esqueça que o sal não é um componente de magia do Harry Potter e possui inevitavelmente características químicas que irão ter lugar a partir de um determinado espaço de tempo em exposição ao ar e à água. Se o deixar ali durante mais de uma semana, ou até mais, será perfeitamente natural que ele cristalize e saia borda fora e isso não significa que tem de contratar um exorcista. Como em tudo use lógica e contenção de análise. Qualquer dúvida contacte quem considerar que o pode ajudar nisso.
A mesma função acontece com o copo de água e uma pedra de carvão. O carvão satura de energias negativas e quando existir uma concentração grande de miasmas contrários, o carvão afundará. Então, deite a água e o carvão num jardim ou elimine-os em água corrente.

Limpeza Energética

A decoração da casa fica sempre a critério do proprietário, obviamente, mas evite peças partidas ou escacadas: espelhos, vidros, mármores, etc. Se tem predileção por antiguidades, depois de adquiri-las deixe-as por um dia ao sol ou use um bom incenso ou preparado (smudge stick, defumadouro, etc) e defume-o.

A manutenção e limpeza das divisões da sua casa podem ser conseguidas com o uso equilibrado de determinados cristais, mas de forma geral possuir selenites em pedra ou torre nas divisões irá por si só efectuar o equilíbrio constante das energias, de igual forma, pedras de sal gema poderão ter o mesmo efeito (mas cuidado que 75% do sal em pedra vendido hoje em dia é falso).

A melhor forma de fazer uma limpeza intensa e interventiva à energia da sua casa, sem dogmas ou superstições, é usando um preparado de plantas secas seleccionadas para o efeito e situação particular ou, mais fácil ainda, adquirir e defumar a casa com um smudge-stick ou um incenso artesanal cuidado que contenha sândalo na sua composição.
Nestes casos aconselho sempre que contacte pessoas em quem confie para o direccionar melhor, ou que me contacte a mim pelo Facebook que responderei sempre que me for possível.

Comentários

Facebook
Twitter
Pinterest0
Linkedin0
E-mail
ADOREI!!!0
Partilhe o conhecimento...

Tudo o que lhe apresentamos aqui é certamente interessante para outras pessoas que conhece.

Facebook
Twitter
E-mail
ADOREI!!!

Por isso somos uma comunidade.